(RE) PENSANDO O GERENCIAMENTO DA ASSISTÊNCIA EM ENFERMAGEM NAS UNIDADES HOSPITALARES

Autores

  • Aline Silva da Fonte Santa rosa de Oliveira
  • Suely Lopes De Azevedo
  • Kevony Sousa Gomes Da Silva
  • Guilherme Batista Flores
  • Robson Bras Pereira Filho

DOI:

https://doi.org/10.51161/rems/1495

Palavras-chave:

ASSISTÊNCIA HOSPITALAR, ENFERMAGEM, GESTÃO EM SAÚDE

Resumo

Introdução: A gerência em enfermagem compreende a articulação entre as esferas gerenciais e assistenciais no processo de trabalho do enfermeiro nos cenários de atuação, mobilizando ações nas relações, interações e associações entre as pessoas. O ato de gerenciar em enfermagem conduz para uma assistência integral,  aliando os conhecimentos teóricos científicos com a humanização do cuidado. Objetivo: Conhecer o impacto da gerência na prática assistencial da enfermagem no ambiente hospitalar. Materiais e Métodos: Estudo descritivo, qualitativo, tipo revisão integrativa da literatura. A busca foi realizada no dia 17 de abril de 2021, no Portal da Biblioteca Virtual de Saúde, e nas bases de dados: LILACS, BDENF e Medline. Critérios de inclusão: artigos disponíveis na íntegra, em português, publicados entre 2016 a 2021, contendo dois a três descritores: gestão em saúde; enfermagem e assistência hospitalar. Foram excluídos os artigos incompletos, em outros idiomas e que não atenderam ao objetivo de estudo. Dos 76 artigos, 09 foram selecionados para a amostra. Resultados: Os estudos apontam que a prática gerencial do enfermeiro possui enfoque nas atividades burocráticas e pouco articuladas com a assistência. Identificou-se que a articulação/integração entre o gerenciamento e o cuidado, necessita de ferramentas gerenciais, dentre elas destaca-se: liderança, comunicação, interação, tomada de decisão e cooperação. O processo gerencial é composto pelo planejamento das ações, previsão e provisão de recursos materiais e humanos, controle e avaliação. Conclusão: É essencial que o enfermeiro ocupe cargos gerenciais para o desenvolvimento de um modelo de gestão que atenda as necessidades dos serviços de saúde, compreendendo a união entre atividades administrativas e assistenciais. O gerente em Enfermagem é um administrador da assistência, com atividades voltadas não só para a admissão de funcionários e escalas de trabalho, mas também para atividades de cuidar. Assim, para alcançar um gerenciamento de forma qualificada e humanizada, se faz necessário mudanças no processo de trabalho em enfermagem no sentido de fortalecer a interface da relação cuidar-gerenciar.

Publicado

2021-07-28

Como Citar

Oliveira, A. S. da F. S. rosa de ., Azevedo, S. L. D. ., Silva, K. S. G. D. ., Flores, G. B. ., & Filho, R. B. P. . (2021). (RE) PENSANDO O GERENCIAMENTO DA ASSISTÊNCIA EM ENFERMAGEM NAS UNIDADES HOSPITALARES. Revista Multidisciplinar Em Saúde, 2(3), 84. https://doi.org/10.51161/rems/1495

Edição

Seção

II Congresso Brasileiro de Saúde On-line

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)