EMPREGO DE BIOMARCADORES METABÓLICOS SALIVARES PARA O RASTREAMENTO DO CÂNCER BUCAL

Autores

  • Anildo Alves Brito Júnior Faculdade Adventista da Bahia
  • Jeisielle Alves da Anunciação Barreto Fundação Oswaldo Cruz - Bahia
  • Marcelo Victor Coelho Marques Faculdade Adventista da Bahia
  • Myllena Miranda Silva Faculdade Adventista da Bahia
  • Gabrielle Alves da Anunciação Barreto Faculdade Adventista da Bahia
  • Márcia Otto Barrientos Faculdade Adventista da Bahia
  • Ivair Tavares Júnior Faculdade Adventista da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.51161/rems/656

Palavras-chave:

Câncer bucal, Marcadores biológicos, Saliva

Resumo

Introdução: O câncer bucal é o sexto tipo de câncer mais frequente, sendo sua alta taxa de mortalidade intrinsecamente relacionada ao diagnóstico tardio. A saliva como um fluido oral multiconstituinte, compreende secreções amplamente fornecidas pelo sangue, com potencial para detecção de biomarcadores específicos relacionados ao câncer bucal. Logo, o presente trabalho busca discutir o emprego de biomarcadores metabólicos salivares para o rastreamento e diagnóstico precoce do câncer bucal. Métodos: Trata-se de uma revisão integrativa da literatura, desenvolvida por meio da análise retrospectiva de estudos primários que avaliaram o papel de biomarcadores salivares para o rastreamento do câncer bucal. A base de dados PubMed foi consultada, utilizando os descritores: “biomarkers” AND “saliva” AND “oral cancer”. Foram selecionados 17 estudos publicados nos últimos 5 anos, sem restrições de idioma. Resultados: O contato direto da saliva com lesões de câncer oral a torna uma ferramenta de rastreamento mais específica e potencialmente sensível, sendo registrada na literatura uma gama de biomarcadores salivares (DNA, RNA, mRNA, marcadores de proteína), incluindo citocinas (IL-8, IL-1b, TNF -α), defensina-1, P53, Cyfra 21-1, antígeno específico de polipeptídeo de tecido, fosfatase de especificidade dupla, espermidina / espermina N1 acetil-transferase, profilina-1, cofilina-1 e transferrina. Esses metabólitos salivares combinados são considerados assinaturas moleculares e potenciais indicadores do processo patológico, podendo ser a base de um método clinicamente viável de rastreamento não invasivo do câncer oral. Conclusões:  A abordagem combinada de biomarcadores salivares pode ser usada como ferramenta de triagem para melhorar a detecção precoce e a precisão do diagnóstico de câncer bucal.

Downloads

Publicado

2021-02-01 — Atualizado em 2021-08-10

Versões

Como Citar

Brito Júnior, A. A., Barreto, J. A. da A., Marques, . M. V. C., Silva, M. M., Barreto, G. A. da A., Barrientos, M. O., & Tavares Júnior, I. (2021). EMPREGO DE BIOMARCADORES METABÓLICOS SALIVARES PARA O RASTREAMENTO DO CÂNCER BUCAL. Revista Multidisciplinar Em Saúde, 2(3), 1–8. https://doi.org/10.51161/rems/656 (Original work published 1º de fevereiro de 2021)

Edição

Seção

Artigos de Revisão