ABORDAGEM DO ENFERMEIRO NA PROMOÇÃO A SAÚDE DA MULHER EM UMA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE

Autores

  • Anny Karolline Silva Pontes
  • Fabiana Dantas Dos Santos
  • Carla Thais Ferreira Gomes

DOI:

https://doi.org/10.51161/rems/2460

Palavras-chave:

ASSISTÊNCIA INTEGRAL À SAÚDE, EDUCAÇÃO CONTINUADA, PARTICIPAÇÃO DA COMUNIDADE, SAÚDE DA MULHER, SAÚDE PÚBLICA

Resumo

Introdução: A Política Nacional de Promoção da Saúde (PNPS), lançada pelo Ministério da Saúde em 2006 e que em 2014 passou por revisão, apresenta a necessidade de divulgação, sensibilização e mobilização para a promoção da saúde da mulher e definiu ações singulares para temas específicos, entre eles a alimentação saudável. Sabe-se que as mulheres, além de utilizarem os serviços públicos de saúde mais que os homens, são responsáveis pela escolha dos alimentos de boa parte das famílias. Objetivo: Desempenhar a atuação do enfermeiro na promoção a saúde da mulher em uma unidade básica de saúde com a equipe multidisciplinar. Material e Métodos: Trata-se de um relato de experiência baseado em atividades educativas desenvolvidas por discentes do 9° período de enfermagem do Centro Universitário Cesmac integrados com a equipe do NASF e enfermeiros da UBS do bairro Novo Mundo em AL, no estágio obrigatório supervisionado (ESO 1) no semestre de 2019. Resultados: A ação com a equipe multidisciplinar tem a abordagem com as mulheres de 45 a 65 anos de idade da UBS, onde é marcado um encontro semanal todas as terças-feiras no mês, com o projeto saúde em foco, que visa proporcionar a promoção a saúde, para o bem estar físico e mental. Com a iniciativa de atividades que contenha exercícios físicos apropriados para idade e condução de cada uma, realizado pelo educador físico, acompanhamento nutricional,  a realização de pilates, apoio emocional com psicóloga e assistente social e a educação continuada abrangendo diversos temas relacionados a saúde da mulher com os acadêmicos de enfermagem. Conclusão: As ações realizadas tiveram como foco a educação em saúde, por meio de práticas que estimulassem o exercício do autocuidado das mulheres. Logo, esta intervenção foi uma estratégia amplamente discutida e construída de forma coletiva, entre as acadêmicas de enfermagem, as enfermeiras da unidade e a secretaria de saúde. A realização desta atividades possibilitaram a troca de experiências, a efetivação da ação possibilitou retomar a relevância do acolhimento, vínculo e, principalmente, das ações para a promoção da saúde da mulher e a prevenção de doenças, além de influenciar para formação do enfermeiro. 

Publicado

2021-11-24

Como Citar

Pontes, A. K. S. ., Santos, F. D. D. ., & Gomes, C. T. F. . (2021). ABORDAGEM DO ENFERMEIRO NA PROMOÇÃO A SAÚDE DA MULHER EM UMA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE. Revista Multidisciplinar Em Saúde, 2(4), 29. https://doi.org/10.51161/rems/2460

Edição

Seção

II Congresso Nacional Multidisciplinar em Enfermagem On-line