A VALORIZAÇÃO DA AMBIÊNCIA COMO DISPOSITIVO PARA A PROMOÇÃO DA HUMANIZAÇÃO EM SAÚDE: RELATO DE EXPERIÊNCIA DE ESTUDANTES DO CURSO DE MEDICINA

Autores

  • Karine Thamires Costa Nascimento
  • Leila Silva Meira
  • Camila Gomes Magalhães
  • Laura Luise Rocha Santos
  • Carol Pauferro Dos Santos

DOI:

https://doi.org/10.51161/rems/1421

Palavras-chave:

AMBIÊNCIA, HUMANIZAÇÃO, INTEGRAÇÃO, VALORIZAÇÃO

Resumo

Introdução: A valorização da ambiência corresponde a umas das diretrizes da Política Nacional de Humanização, constituindo-se ao tratamento dado ao espaço físico entendido como social, profissional e de relações interpessoais, cenário de atenção acolhedora, resolutiva e humana. Logo, promover espaços humanizados nos ambientes de trabalho favorece a saúde dos usuários e trabalhadores. Objetivo: Relatar a contribuição de estudantes de medicina na melhoria das ambiências em uma unidade de saúde da família (USF) no município de Vitoria da Conquista- Bahia, colaborando com a humanização das práticas de saúde.  Material e métodos: Trata-se de um relato de experiência de natureza descritiva, exploratória, realizado por acadêmicos de medicina da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) durante as práticas de integração ensino, serviço e comunidade (PIESC) na USF URBIS VI ,no período de 19 de março a 10 de setembro de 2019. Para  alcance dos objetivos, realizou-se um plano estratégico situacional com a colaboração da equipe de saúde e da comunidade local, na priorização de problemas. Confeccionou-se uma planilha operativa com ações articuladas aos profissionais da unidade, culminando em propostas de melhorias dos seguintes ambientes: Recepção, Same, área social, consultórios, farmácia, salas de vacina, preventivo e procedimento. A fim de garantir os recursos materiais e financeiros para  intervenção, os discentes  confeccionaram uma carta de apresentação do projeto propondo parcerias  junto aos órgãos municipais como: secretaria de saúde, meio ambiente, comunicação, além da sociedade civil representada por empresários locais. Resultados: Foram obtidos materiais decorativos para  área de convivência,  escritório, além de recursos financeiros para compra diversos materiais pactuados como necessários junto aos profissionais da USF. Para a culminância do projeto foi realizado o dia “D” de melhoria da ambiência com a participação dos estudantes, profissionais de saúde e colaboradores voluntários garantindo a integração ensino, serviço e comunidade.  Conclusão: Percebe-se que o processo de planejamento é dinâmico. O plano de melhoria da ambiência na USF, impactou na motivação dos profissionais; satisfação dos usuários; engajamento entre equipe, estudantes e comunidade. Desse modo, nota-se que a valorização dos espaços é ferramenta facilitadora do processo de trabalho e construção de vínculos. Valorizando assim, a atenção integral à saúde.

Publicado

2021-07-28

Como Citar

Nascimento, K. T. C. ., Meira, L. S. ., Magalhães, C. G. ., Santos, L. L. R., & Santos, C. P. D. . (2021). A VALORIZAÇÃO DA AMBIÊNCIA COMO DISPOSITIVO PARA A PROMOÇÃO DA HUMANIZAÇÃO EM SAÚDE: RELATO DE EXPERIÊNCIA DE ESTUDANTES DO CURSO DE MEDICINA. Revista Multidisciplinar Em Saúde, 2(3), 21. https://doi.org/10.51161/rems/1421

Edição

Seção

II Congresso Brasileiro de Saúde On-line

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)