O ACOMETIMENTO PULMONAR DA COINFECÇÃO DE COVID-19 COM TUBERCULOSE: UMA REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA

Autores

  • Gabriella Giandotti Gomar
  • Rogerio Saad Vaz

DOI:

https://doi.org/10.51161/rems/2243

Palavras-chave:

COINFECTION, COVID-19, MYCOBACTERIUM TUBERCULOSIS

Resumo

Introdução: A tuberculose é uma infecção causada pela bactéria Mycobacterium tuberculosis, acometendo mais frequentemente os pulmões. Já a COVID-19 consiste em uma infecção respiratória aguda ocasionada pelo SARS-CoV-2, um RNA vírus envelopado. Além disso, ambas as doenças apresentam semelhanças clínicas e radiológicas e podem levar a óbito. Objetivo: Tal estudo objetiva relacionar aspectos da coinfecção de tuberculose e COVID-19. Material e métodos: Trata-se de uma revisão integrativa da literatura, em que se utilizou os descritores “Coinfection”, “COVID-19” e “Mycobacterium tuberculosis” para busca nas bases de dados Pubmed, Biblioteca Virtual em Saúde e Portal de Periódicos CAPES. Foram selecionados artigos publicados nos últimos 5 anos, em inglês, português e espanhol. Resultados: Embora a infecção por tuberculose apresente-se cronicamente a infecção por COVID-19 de forma aguda, um obstáculo no diagnóstico dos casos de coinfecção de tais doenças consiste na mimetização dos sintomas entre elas e as apresentações inespecíficas. Apesar da presente escassez de dados sobre tal tema, sabe-se que a tuberculose pode ser um dos fatores de risco para o aumento da mortalidade do COVID-19. Além disso, foi relatada uma menor taxa de notificação da tuberculose com os aumentos das taxas de COVID-19. Assim, mesmo em pacientes com sintomas de doença respiratória grave e RT-PCR COVID-19 positivo, deve-se atentar a histórica clínica, e em alguns pacientes histórico de perda de peso ou contexto de medicamentos imunossupressores, deverá ser levantada e investigada a hipótese de tuberculose. São necessários mais estudos em populações variadas sobre tal coinfecção, para que assim existam resultados mais sólidos quanto ao tema. Conclusão: A coinfecção de tuberculose e COVID-19 pode ter sintomas inespecíficos e portanto o diagnóstico pode ser difícil. Entretanto, vale ressaltar que tais infecções quando simultâneas podem aumentar a chance de óbito do indivíduo, sendo, assim, necessária uma maior produção científica sobre tal tema.  

Publicado

2021-10-08

Como Citar

Gomar, G. G. ., & Vaz, R. S. . (2021). O ACOMETIMENTO PULMONAR DA COINFECÇÃO DE COVID-19 COM TUBERCULOSE: UMA REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA. Revista Multidisciplinar Em Saúde, 2(4), 99. https://doi.org/10.51161/rems/2243

Edição

Seção

I Congresso Brasileiro de Doenças Infectocontagiosas On-line